6 de dezembro de 2010

Made in transe

A vitalidade atrelada ao transe da vida variando em múltiplas dimensões. Sobre o trabalho fotográfico, reafirmo que ele parte da ótica de que "identidade" é uma construção ideológica. Dessa forma, busco explorar algumas possibilidades para a tradução do que vem a ser a "identidade" da comunidade afrodescendente.

Samba de transe
© Cecilio Bastos